INDENIZACAO – MORTE DE FILHO MENOR – QUEDA 110629-0

  Piscina

INDENIZACAO – MORTE DE FILHO MENOR – QUEDA EM PISCINA DE CLUBE – AUSENCIA DE NEXO DE CAUSALIDADE – ILEGITIMIDADE DE PARTE PASSIVA – EXTINCAO DA ACAO – RECURSO IMPROVIDO. – Nao provando os Autores que o menor estava prestando servicos no clube, nao se sabendo qual o motivo de sua permanencia porque nem socio era, e aproveitando-se da evasao dos funcionarios em hora de intenso temporal para entrar na piscina, vindo a afogar-se, nao ha como estabelecer nexo de causalidade entre a conduta da vitima e a pessoa juridica do clube para fixacao da responsabilidade deste, seja pelo vinculo trabalhista, seja pela otica do direito comum.
(TJPR – Quinta C.Cível (extinto TA) – AC – 110629-0 – Londrina – Rel.: Desembargador Clayton Camargo – J. 10.12.1997)